detalhes Junior C

vídeos

info

O pulso de qualquer cena artística é marcado por seus artistas e mantido por seus fãs, mas é definido principalmente pelos talentos que se destacam e pela maneira como se relacionam com o público. Junior C é um exemplo de como esta definição se aplica à um DJ e produtor. Entre as características que distinguem seus sets: Técnica, feeling e domínio de pista, são atributos que impulsionaram a história do paulista desde os primeiros momentos.

Sua carreira começou profissionalmente em 2005 com 17 anos, quando foi residente do lendário Lov.E, club de referência internacional em música eletrônica. Mas Foi em 2007, no entanto, ao tocar no Skol Beats que sua carreira decolou, então o maior festival Latino Americano de música eletrônica, onde roubou a cena sendo o artista mais jovem a tocar na história do festival, o que acabou abrindo muitas portas, projetando-o para o Brasil e o mundo.

Posteriormente tornou-se residente do Clash Club e Hot Hot, clubs que tiveram grande influência na expansão da cena eletrônica nacional, onde se apresentou ao lado de nomes como: Seth Troxler, Joris Voorn, Nic Fanciulli, Sasha, Mark Farina, Layo & Bushwacka entre outros. No Warung “o templo da musica electronica” se apresentou com Solomun e John Digweed; e atualmente viaja os quatro cantos abrindo as turnês de Gui Boratto no Brasil.

Dessa forma é fácil descobrir por que seu nome figura de modo constante em festivais e clubs relevantes na cena nacional e internacional: Skol Sensation, MOB Festival, Rio Music Conference, Skol Beats, Tribe, Planeta Atlantida, Future Sound of Brazil, Avalon (Los Angeles), Space BC, D-Edge, Vibe, Home (Amsterdam), Beehive, Pacha, Anzu, Garage, DJ MAG pool party (Miami), Move, entre muitos outros; além de ter sido indicado aos prêmios Cool Awards e  Dj Mag Best Brasil.

Junior C é um artista ímpar que se consolida em 3 pilares: Técnica, Feeling e domínio de pista. Habilidades que somadas a sua forte personalidade musical, o torna facilmente adaptável à variados tipos pista, do underground ao mainstream, sem perder sua identidade musical. Motivo pelo qual foi escolhido para abrir turnês de Tiesto, Calvin Harris e por dois anos consecutivos David Guetta. Além de ser o único brasileiro patrocinado pela Pioneer DJ.

Como produtor se destacou com as músicas “Relax” e “Sweet Acid Talk”, feitas em parceria com Wehbba e Propulse. As faixas em poucas semanas ganharam o mundo e figuraram entre as 20 mais vendidas, em Tech-House, do portal Beatport, recebendo suporte de grandes nomes como: Sven Vath, 2000 and One, Karotte, Hector Couto, Joseph Capriati, entre outros. Outro destaque vai para um de seus primeiros lançamentos, a faixa “Disco Charge”,  que foi remixada pelo renomado Francois Dubois, também conhecido como Funk D’Void.

Dono de um estilo singular, despojado e cativante, seus sets são conduzidos por uma irresistível troca de energia que flui ininterruptamente com o público, em apresentações que nunca falham seu propósito fundamental: criar uma atmosfera envolvente e única onde quer que ele toque.

E o melhor: apesar de toda a experiência, sua história está apenas começando…

comentários