detalhes Marcio Vermelho

vídeos

info

Com um histórico de bom gosto, ecletismo e busca por qualidade musical nas pistas, Márcio Vermelho tem o respeito de um público significativo que o prestigia. Em São Paulo é residente da noite Freak Chic no clube D-EDGE, e dos projetos itinerantes Diamond e Laço, além de se apresentar com frequência em vários clubes e noites de destaque.

Aficionado por house e disco music, seu set passeia por muitas variações desses estilos: funk, acid, deep house, italo, electro-disco, breakbeats, nu disco, cosmic e discopunk, sempre compondo um set diverso em referências e eclético dentro do universo da nova música eletrônica.

Em contato com a dance music há muito tempo, Márcio Vermelho fez a sua primeira apresentação profissional na conceituada festa Mi Casita ao lado do DJ belga K-Rim, em 2001.

No ano seguinte, em parceria com o DJ Victor A, idealizou o próprio projeto, Néctar, uma proposta musical de qualidade com foco na house music.

Entre 2005 e 2009 foi residente e produtor da festa Avesso, ao lado do DJ Marcos Morcerf, onde privilegiaram os grooves cósmicos, com destaque para as novas fusões da house music, com muitas referências sintéticas e timbres derivados dos anos 70, 80 e 90. A festa se tornou sucesso e referência de qualidade e inovação musical em São Paulo, reunindo milhares de pessoas em edições memoráveis nos dois dos maiores clubes da cidade: D-EDGE e Vegas. A festa também foi consolidada no Rio de Janeiro, com edições mensais no clube Dama de Ferro.
Logo depois, entre 2009 e 2011, produziu a festa Ludo, também no clube Vegas. A festa, com a proposta de bom gosto e impecável seleção de DJs convidados, se tornou unanimidade entre os fãs de house e disco music.
A carreira de produtor musical começou em 2006, quando remixou, ao lado do DJ/produtor Luiz Pareto, uma das faixas do EP “Preach”, do projeto Coringa, lançado pelo selo Rebolado.

Nos últimos anos, Vermelho foi convidado para produzir trilhas de desfiles de moda (destaque para a edição primavera/verão de 2008 da SPFW quando assinou a elogiada trilha do desfile do estilista Pedro Lourenço). Recentemente, os seus edits “Operator” e “Our Safe Love” foram incluídos em coletâneas do selo Mister Mistery e o seu remix da faixa “Hard Boiled Babe”, da cantora Lizzy Mercier Descloux, teve um lançamento especial pelo selo ZE Records.

Em 2008 foi convidado pelo DJ e apresentador Tim Sweeney (DFA) a participar do cultuado programa de rádio Beats In Space, de Nova York.

Foi indicado como melhor DJ do país em diversas publicações e eleito como o melhor pela revista Época na edição 2010/2011.

No ano de 2012, em parceria com o produtor Lennox, venceu o concurso de remixes da faixa “From Here To Eternity”, de Giorgio Moroder, promovido pelo portal de músicas Beatport. O remix foi o mais votado pelo público e eleito o melhor pelo próprio Moroder.

A sua primeira turnê internacional aconteceu em 2012, com apresentações na Inglaterra, Espanha e Alemanha. Destaque para as festas/clubes: Bunker 194 e The Egg (Londres), Disko Selectors (Valladolid/Espanha), Salon Zur Wilden Renate e Pet Shop Bears/Berghain Cuntine, em Berlim.

Já tocou em clubes das principais cidades do Brasil e em eventos de peso como UMF Ultra Music Festival e Nokia Trends Mob Jam, além de ter dividido a cabine com artistas como New Order, Nicolas Jaar, Andrew Butler e Kim Ann Foxmann/Hercules & Love Affair, Darshan Jesrani/Metro Area, Juan Maclean, Erobique (International Pony), Shit Robot, 2ManyDjs, Soulwax, Laidback Luke, Bottin, Runaway (Jacques Renault e Marcos Cabral), Gavin Russom, I:Cube, Golden Bug, Richard Sen, Toby Tobias, Woolfy, Luomo, Todd Terje, Pilooski, Brennan Green, Beg To Differ, Silver City, Mr. C, Larry Tee, DJ Mehdi (Ed Banger), Daniel Bell, Fernando Pulichino/Silver City, Mr. Negative, Jeff K, K-Rim, entre outros.

comentários